Geddy Lee e Alex Lifeson, da banda canadente Rush, farão a indução do histórico grupo de rock progressivo Yes no Rock And Roll Hall Of Fame. O evento vai acontecer em 7 de abril no Barclays Center, no Brooklyn, Nova York. O diretor de marketing do Rock Hall, Todd Mesek, define o Yes como “o mais duradouro, ambicioso e virtuoso grupo progressivo da história do rock” e afirma que o “Rush foi definivamente influenciado pelo Yes, e os dois grupos são seminais bandas de rock progressivo. Natural que o Rush possa dizer ‘bem vindos’ ao Yes”.

Além do Yes, entram no Salão em 2017 Electric Light Orchestra, Joan Baez, Journey, Nile Rodgers, Pearl Jam e o rapper Tupac Shakur. Neil Young deverá introduzir o Pearl Jam – gravou com o grupo o disco “Mirror ball”, de 1995 – e Jackson Browne, sensação do bittersweet lançada nos anos 1970, deverá fazer o mesmo com Joan Baez.

Morto em 2015, o baixista do Yes, Chris Squire, havia chegado a sugerir que o Rush introduzisse a banda no Salão caso o Yes fosse convidado a entrar. A ideia apareceu numa entrevista que o músico concedeu à estação de rádio de Los Angeles K-Earth 101. “Não pensei muito sobre isso, mas pode ser que os caras do Rush sejam bons pra isso. Sou amigo de Dave Grohl e Taylor Hawkins, dos Foo Fighters, e eles introduziram o Rush, fizeram uma excelente fala sobre eles. Daí pode ser que não sejam eles, já que já fizeram isso. Se você conhecer o Geddy Lee, diga a ele que seria ótimo para mim”.

Fonte: Team Rock.