Como funciona um mellotron e (uau) como ele é por dentro

Sua vida não será a mesma depois desse vídeo

0
282

Não é feitiçaria, é tecnologia. Ok, é feitiçaria também, porque no fundo no fundo, não dá pra entender direito como é que existia (existe, na real) um teclado que emulava sons de instrumentos e que funcionava à base de várias fitas (!) que eram acionadas à medida que o músico apertava as teclas. Era o mellotron, instrumento-base da psicodelia e do comecinho do rock progressivo.

E se você tinha alguma curiosidade de saber como funcionava um troço desses, uma técnica da empresa Bell Tone Synth Works mandou reformar um mellotron fabricado em 1976, e abriu o troço inteirinho para mostrar pra você num vídeo. O aparelho tem um motor que faz um barulho considerável – e sem o qual nada ali funciona – e várias fitas com três tipos de som, acionados a cada apertar de tecla. Sim, você vai ver como funcionam as fitas (se imaginou várias fitas K7 amontadas, achou errado) e como elas são acionadas. Curte aí.

Veja também no POP FANTASMA:
Paul McCartney: “Isto é um mellotron. Funciona assim”
Anime sua festa com um… mellotron?
Aquela vez em que tentaram adivinhar quem era o verdadeiro Robert Moog, num programa de TV
Odessey and oracle, dos Zombies, aos 50 anos: brigas, grupos fake e psicodelia
– Como tocar um gongo de 80 polegadas usado na música clássica
Um livro que explica como os animais peidam