Um engenheiro de desgin de produto, Jude Pulle, e um designer de software, Don Robson – ao lado de uma equipe de engenheiros – criaram um rádio que viaja por mais de 2 mil estações de todo o mundo. A novidade é o visual do aparelho: ele é um globo terrestre, que com um giro, viaja nas estações de rádio.

Um globo terrestre que funciona como rádio

Pullen afirma que teve essa ideia quando estava pensando em viajar pelo mundo. Ele ainda ensina como montar um globo desses num passo-a-passo do site Instructables.

Ele diz que parte da magia de ter um rádio desses – e que funciona com apenas um giro – é que ele parte rapidinho do familiar para o não-familiar. “É chocante verificar quantas estações tocam música pop ocidental. Mas aí girando a roda, você encontra uma rádio alternativa no mesmo local. Daí navega do drum & bass da (rádio londrina) Boosh FM ao dialeto nativo da Nova Zelândia. Francamente, é alucinante, embora a tecnologia já exista há anos”, contou no site.

Pullen diz que o usuário vai esbarrar num problema comum dos dias de hoje: é tanta música nova (muitas vezes sem locução) que a pessoa vai ter trabalho para usar o Shazam (aplicativo que descobre nomes de músicas) a cada momento. Afirma que ele está trabalhando para melhorar isso no aparelho. “Claro, deve ser dito que existem desktops/mobile/apps que essencialmente já fazem isso, mas eu gosto da fisicalidade da interface e da maneira como ela aprimora minha apreciação espacial das coisas”, diz, colocando também que tudo no aparelho é código aberto, para facilitar a vida de quem quem fazer um igual.

Via Laughing Squid

Mais utilidades no POP FANTASMA aqui.