Entrevistado pela rádio canadense Sonic 102.9, o vocalista do Red Hot Chili Peppers, Anthony Kiedis, disse que prefere “não julgar” Chris Cornell por ter cometido suicídio. O musico lembrou que conhecia Cornell e o Soundgarden desde meados dos anos 1980 (“somos da mesma geração”) e que ficou chocado com a notícia de sua morte.

“Temos um relacionamento com ele e com todos do Soundgarden, porque estivemos juntos numa turnê em 1992. Eles eram uns caras muito doces, e precisávamos vê-los constantemente””, contou. “Foi ótimo vê-los juntos novamente e foi triste saber que ele tinha uma área dolorida em sua mente, a ponto de ele precisar se matar. Não quero julgá-lo por isso, não conheço esse tipo de dor. Obviamente, devia ser algo contra o qual ele não conseguia lutar, a ponto de ele se matar mesmo. Que Deus abençoe sua família, porque ele deixou esse mundo um lugar melhor”. Veja o vídeo com a entrevista.

Via Alternative Nation