HomePod, a caixa de som inteligente da Apple, surge cercada de expecativas, após seu lançamento na WWDC 2017. Criada especificamente para música e contando com um forte sistema de som – sete tweeters e um woofer, além da promessa de um áudio em 360 graus sem deixar de lado os graves, tidos como ponto fraco de gravações digitais – ela… Bom, digamos que ela só não paga suas contas: é ligada à Apple Music, permite controlar playlists, ajuda a controlar aparelhos domésticos, acende e apaga as luzes da casa… Como tem a ajuda da Siri, assistente pessoal do iOS, você pode até fazer perguntas sobre o que está ouvindo para ela: se quiser saber quem é o baixista ou percussionista que está tocando, só falar com a assistente. O produto começa a ser vendido nos Estados Unidos e Reino Unido em dezembro, por US$ 349 (mais ou menos R$ 1.150). O site Tech Tudo diz que a Apple brasileira confirma a venda do HomePod no Brasil, mas ainda não tem data certa.

Agora, o que interessa mesmo é que o Twitter hoje ficou cheio de gente tirando sarro do formato um tanto estranho da nova caixa da Apple. Olha aí (via Bored Panda).

Acabou o papel.

Deem logo um pra ele.

Pode ser que depois de tanto desenhar novos visuais para a caixa nova de Apple e atirar a papelada no lixo, o design da empresa tenha tido uma ideia nova…

HomePodão.

Sua avó vai gostar.

Sua avó vai querer tricotar um pra você.

Esse HomePod é marca barbante…

https://twitter.com/Bioteufel/status/871810037009854466

Parece bastante…

Uma startup francesa já anda acusando a Apple de plágio, por causa da semelhança entre o Homepod e uma caixa acústica criada por eles.

E vamos admitir: geral zoa, mas muita gente já deve estar pensando: “Quem eu tenho que matar pra conseguir uma dessas?”. Nesse vídeo, Phil Schiller, vice-presidente de marketing global da Apple, explica muito tecnicamente como funciona o novo gadget. Baba aí.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here