Possivelmente você conhece muita gente que cultua os vinis ou que não larga seus CDs por nada desse mundo. Se seu grande desafio era achar alguém que até hoje cultue os cartuchos de 8 pistas (que costumavam ser mais usado em rádios e foram lançados comercialmente numa determinada época), achou. Um colecionador de Santo André (SP) chamado Alceu Massini tem uma coleção ENORME com vários desses cartuchos. E pôs fotos de todos num Flickr. Olha alguns deles aí.

1972 - The Fevers / The Fevers - brazilian 8 track - fita cartucho de 8 pistas

1972 - The Fevers / The Fevers - brazilian 8 track - fita cartucho de 8 pistas

1972 - Altemar Dutra - brazilian 8 track - fita cartucho de 8 pistas

1972 - Altemar Dutra - brazilian 8 track - fita cartucho de 8 pistas

1971 - Chico Buarque / Construção - brazilian 8 track - fita cartucho de 8 pistas

1971 - Chico Buarque / Construção - brazilian 8 track - fita cartucho de 8 pistas

1975 - Roberto Carlos / Roberto Carlos - brazilian 8 track - fita cartucho de 8 pistas

1975 - Roberto Carlos / Roberto Carlos - brazilian 8 track - fita cartucho de 8 pistas

1971 - Carnaval do Rio de Janeiro / Sambas-Enredo - brazilian 8 track - fita cartucho de 8 pistas

1971 - Carnaval do Rio de Janeiro / Sambas-Enredo - brazilian 8 track - fita cartucho de 8 pistas

1971 - Trilha da Novela "O Cafona" / Marília Pera - Carlos Lyra - Angela e Paulo Sérgio Valle - Marília Barbosa - brazilian 8 track - fita cartucho de 8 pistas

1971 - Trilha da Novela "O Cafona" / Marília Pera - Carlos Lyra - Angela e Paulo Sérgio Valle - Marília Barbosa - brazilian 8 track - fita cartucho de 8 pistas

Tá, você está se perguntando: “Como assim? As pessoas ouviam música nos anos 1960 e 1970 num formato que eu nunca ouvi falar na vida?”. Bom, várias gravadoras brasileiras (Som Livre, Continental, CBS, Philips) vendiam música dessa forma. Isso veio lá de fora, porque era extremamente comum que carrões norte-americanos usassem esse tipo de fita, com 4 ou 8 pistas. O formato foi estabelecido em 1964 num pool de marcas de áudio e de automóveis, e não resistiu à entrada com força no mercado da fita cassette. No Brasil, você pode pegar discos lançados pela CBS nos anos 1970 (de Roberto Carlos, por exemplo), que num canto, tem lá o aviso “também em mini-tape e cartucho”. No fim dos anos 70 já não era mais comum. Alceu, no entanto, guarda vários deles.

Vale falar que não é a única coleção de Alceu. Ele coleciona televisores antigos desde a década de 1980 e outro dia apareceu no portal G1 afirmando que colocou sinal digital em vários deles – alguns com mais de 50 anos.