Tinha uma época em que as gravadoras e empresas de som apostavam bastante no formato de fita 8-track. Até porque esse formato era uma opção para som de carro, junto do rádio. Apesar de pouca gente lembrar, essas fitas foram lançadas e fabricadas até no Brasil – tanto que certa vez falamos de um sujeito que coleciona esses cartuchos.

E teve uma empresa chamada IMA, localizada na China, que fabricou um aparelho que tem tudo para virar o mais novo fetiche de fãs de tecnologia antiga. O lance é um caixote, para você colocar ao lado da cama, que tem K7, fita de 8 pistas, rádio e relógio. Foi vendido lá pelos anos 1970 e teve alguns modelos diferentes: em alguns deles, o K7 saía fora, ou o gravador de 8 pistas, ou a parte da frente era preta em vez de prateada.

Um canal chamado VWestilfe, que fala basicamente sobre tecnologia antiga, arrumou um e botou pra funcionar. Aliás, como é comum nesse tipo de canal, eles abriram o gravador e mostraram tudo o que tem dentro. E aí, vai comprar um?

Olha a propaganda do original aí. Curiosamente, esse tipo de aparelho era pensado para uso em escritórios, em função de divertir o chefe em horas mais tensas do dia a dia.

Quatro em um: rádio, relógio, fita de 8 pistas e K7 num aparelho só

Veja também no POP FANTASMA:
K7: treze razões para as fitinhas serem cool em 2018
PlayTape: era para ter dado certo mas não rolou
Sound Page: sons em… papel gravável (!)