De quinta (22), quando morreu Carlos Eduardo Miranda, até o fim de semana, rolaram vários depoimentos de amigos e de jornalistas a respeito do músico, produtor e jurado de TV. Um dos mais tocantes está gravado em vídeo: Gastão Moreira gravou um depoimento para o Hora extra, do seu canal Kazagastão, lembrando da convivência com Miranda. E de como o amigo lhe apresentou vários sons. Entre eles The Band, a partir do álbum epônimo lançado em 1969. E a tribo funk-carnavalista (de Nova Orleans) Wild Magnolias, a partir do disco de mesmo nome lançado em 1974.

Gastão também lembrou ter tido sua banda Rip Monsters lançada por Miranda no LP A vez do Brasil, uma parceria da Rádio 89 FM com a gravadora Eldorado, que chegou às lojas em 1993.

“Estou muito triste. Miranda era um grande produtor, amigo pessoal meu. Uma das cabeças mais influentes e incentivadoras que já vi na minha vida. Tô vendo muita gente falando: ‘Ah, ele era jurado do programa Ídolos‘. A importância dele vem muito de antes (…) Miranda era importantíssimo. Ele era um cara extremamente solícito e serviu como referência para muitas bandas. Ele era uma espécie de porto seguro, uma espécie de objetivo para muitas bandas”.