Em dezembro de 2015, o Dinosaur Jr fez uma temporada de uma semana no Bowery Ballroom de Nova York para comemorar 30 anos de seu primeiro álbum, Dinosaur. Recebeu uma lista bem bacana de convidados, como Jeff Tweedy (Wilco), Kurt Vile, Lee Ranaldo, Kim Gordon e Henry Rollins.

E numa das apresentações, o saudoso cantor Charles Bradley, que morreria em 23 de setembro de 2017 aos 68 anos, juntou-se a eles para uma impressionante versão de Heart of gold, de Neil Young. Ficou muito bonito e é impressionante ver a presença de palco de Bradley, um cantor experiente que demorou a estourar. No final, Bradley faz um discurso dizendo que artistas têm que fazer o que fazem do fundo do coração, “ou então não estão dando a verdade”.

Confere aí 🙂

Via newsletter do Melvin

Mais Dinosaur Jr no POP FANTASMA aqui.