Não reclame de A fazenda e Big Brother Brasil se você vive num planeta que já foi capaz de produzir reality shows bem mais bizarros. Foi o caso de Best funeral ever, levado ao ar em duas temporadas pela TLC entre janeiro de 2013 e maio de 2014 e que… Bom, o programa era centrado no dia a dia de uma empresa familiar chamada Golden Gate Funeral Home, com sede em Dallas. E essa empresa era especializada em funerais “diferentes” e extravagantes.

Esse aí era o de um sujeito que era fanático pela hora do café da manhã. Repare na turma da empresa pranteando o falecido. Cada um aparece fantasiado de um alimento: leite, ovos… Uma das frases usadas para encomendar o morto: “Agradeço a Deus porque ele está aqui para nos alimentar”.

O que você acha de um enterro com gente vestida de duende e um sujeito com um cookie na cabeça? Na abertura, o CEO da empresa avisa: “Isso é um enterro, as pessoas estão tristes porque perderam uma pessoa, mas estamos aqui para prestar um serviço temático”.

Isso aí é uma apresentação dos serviços da Golden Gate no programa, com direito ao enterro de um boxeador. Num ringue.

O sistema da Golden Gate se chocava com algumas coisas. Uma delas era básica. Algumas famílias simplesmente estavam sofrendo demais com a morte de algum ente querido e não estavam muito no clima para brincadeiras. Nesse vídeo, uma viúva chora e berra MUITO assim que a equipe da empresa carrega o caixão cantando uma música. Aviso: pode ser extremamente perturbador ver esse vídeo. Isso é sério.

O programa ainda apresentou outros funerais bem malucos. O corredor Ronnie Ray Smith, medalhista das Olimpíadas de Verão de 1968, morreu em março de 2013. Seu caixão foi levado por corredores (que, sim, estavam correndo ao carregá-lo). Na despedida, claro, o caixão ganhou medalha de ouro. Não achei vídeo disso.

O melhor funeral de todos os tempos

A Golden Gate tem um site, bastante explicativo. É uma empresa mantida desde 1980 por pastores protestantes afro-americanos do Texas. O programa da TLC, evidentemente foi descontinuado porque muita gente achava aquilo grotesco demais. Mas os caras ainda são bastante midiáticos. No site deles há até o anúncio de um programa de rádio e um de TV, em estações locais. E isso aqui é um comercial deles, mostrando um coitado “aparecendo” em seu enterro e vendo o excelente serviço prestado pela empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA