O site Discogs, uma espécie de bíblia online para tarados por discos (com capas, contracapas, selos e vendas de discos), resolveu verificar, para uma matéria, quais são as fitas K7 mais caras que seus usuários colocaram à venda. Isso porque rolou uma mudança drástica no ranking do site: desde 2016 que a fita mais vendida era uma do Prince. Agora não mais: quem está na frente é um grupo chamado Xero, com sua fita demo de 1997. Não é um grupo desconhecido, não: o Xero é o embrião do Linkin Park.

O tal do Xero foi fundado por Mike Shinoda e Mark Wakefield em 1996, e passou a gravar material no estúdio caseiro de Shinoda A tal demo tinha só quatro faixas (Rhinestone e Reading my eyes no lado A, Fuse e Stick’n move no B) e teve duas versões de capa: uma com um carrinho de compras (a primeira, imediatamente descartada) e uma com o desenho de um bebê. Tá a fim de ter uma? Só 4.500 dólares.

A fita circulou bastante pela Califórnia e faz parte das coleções de doze usuários do Discogs, segundo o site. Só que na época não chegou a fazer sucesso e a banda não conseguiu contrato nenhum. Wakefield saiu do grupo, a formação foi modificada, o grupo mudou de nome para Hybyrd Theory e depois para Linkin Park, já com Chester Bennington nos vocais.

A tal fita de Prince é outra surpresa: foi lançada em 1995, quando o cantor ainda era “o artista anteriormente conhecido como Prince” (e usava um símbolo como nome). The Versace experience: Prelude 2 gold saiu em 1995, está sendo vendida a módicos 4.117 dólares e foi distribuída com exclusividade aos participantes de um desfile da Paris Fashion Week em 1995. Fãs de Prince podem conseguir cópias mais baratas tentando arrumar um dos relançamentos feitos no Record Store Day 2019, mas a original é bem rara.

Tem conteúdo extra desta e de outras matérias do POP FANTASMA em nosso Instagram.