Supersonic: T. Rex e Damned para crianças na TV britânicaCom o êxito do Top Of The Pops na BBC, a ITV, canal comercial da Grã-Bretanha, tratou de criar o que parecia um rival à altura. O Supersonic durou de 1975 a 1977, mas tinha algumas diferenças em relação ao seu modelo. A primeira delas é que não havia um paradão de sucessos. Eram apenas artistas dublando suas músicas, vendendo seus respectivos peixes e pronto. Estava mais para um Cassino do Chacrinha do que para um Globo de Ouro, digamos. A segunda é que a ideia era que o programa atraísse as crianças como público-alvo.

O programa, apresentado pelo produtor Mike Mansfield, durou dois anos, marcou muita gente e teve em suas edições atrações bacanas como T. Rex, The Damned, Thin Lizzy e Bay City Rollers. Olha aí Marc Bolan, liderando o T. Rex e aderindo de leve aos climas da disco music em Dreamy lady.

The Damned assustando criancinhas com Neat, neat, neat.

Olha o Thin Lizzy com a bela Wild one. De quebra, você ganha a vinheta de abertura da atração. E o rolar de créditos com os artistas da tarde.

Electric Light Orchestra lançando Evil woman no programa.

O melhor vídeo: o Slade toca (ao vivo, sem playback!!) num cenário que lembra o de uma festa infantil, na frente de várias crianças e adolescentes. As músicas são Mama weer all crazee now e Gypsy roadhog.

Não sei se vale ser citado, mas quem costumava aparecer muito no programa era o glamrocker Gary Glitter. Isso vários anos antes de ele ser sentenciado a 16 anos de cadeia por pedofilia.