O POP FANTASMA relembra diariamente alguns discos que estão fazendo aniversário. Os textos serão escritos e postados com total desrespeito ao velho apetite do jornalismo por datas redondas, clássicos indiscutíveis (opa, alguns dos que vamos colocar são clássicos sim) e efemérides de meter medo.

Em 1975, o jazzista Grover Washington Jr se dava bem com seu álbum “Mister Magic”…

… no ano seguinte, o James Gang fazia a tristeza de seus fãs lançando seu último álbum, “Jesse come home” (1976)…

… e um bom tempinho depois, em 1984, o Alan Parsons Project faturava com seu LP “Ammonia avenue”…

… e em 1988 um que deixava os fãs alegres era Roy Orbison, de volta com sua participação nos Travelling Wilburys e com o LP “Mystery girl” (a alegria duraria pouco, já que ele morreria em dezembro daquele ano)…

… era o mesmo ano em que, contratado pela Warner, Elvis Costello lançava “Spike”, trazendo parcerias com Paul McCartney e a bela “Veronica” (nos EUA, o disco sairia no dia 7; no Reino Unido, um dia antes) …

… e em 7 de fevereiro de 1990, metal-cabeça na área: o Primus estreava com “Fizzle fry”…

… e olha o indie rock do Boxer Rebellion aí, chegando nas lojas em 7 de fevereiro de 2011 com “The cold still”. Parabéns!