Bem antes de cantar Smells like teen spirit com o Nirvana, Kurt Cobain estava mais preocupado com outro tipo de cheirinho (que decididamente não era o de espírito juvenil). Aos 17 anos, o futuro guitarrista e cantor trabalhou como zelador. Ele havia saído da escola duas semanas antes da formatura, mas acabou arrumando um emprego em seu próprio ex-colégio. Depois trabalhou para o Polynesian Condominium Hotel Resort e para o serviço de zeladoria da Lemons.

Aliás, Chris Novoselic, baixista do grupo, revelou que uma das primeiras demos do Nirvana foi paga com a grana que Kurt arrumava lavando privadas e botando lixo pra fora. “Era um homem que nunca limparia sua cozinha ou levaria o lixo para fora, ou faria esse tipo de tarefa. Mas Kurt Cobain não era uma pessoa preguiçosa. Basicamente, ele limpava banheiros. Foi assim que ele pagou por aquela demo”, disse (saiu na Loudwire isso aí).

>>> Veja também no POP FANTASMA: Kurt Cobain zoando o MTV Headbangers Ball

O livro Diários de Kurt Cobain diz que a ideia do cantor era iniciar um negócio de limpeza com Chris para sustentar os projetos musicais. Ele chegou a desenhar um folheto para uma empresa que se chamaria Pine Tree Janitorial Service. “Nós garantimos taxas $ 50,00 mais baixas do que o seu serviço atual de zeladoria”, garantia o cantor do Nirvana.

Um texto da Far Out Magazine diz que perguntaram para Kurt sobre o que havia de correlação entre seu antigo emprego e as artes do grunge. A resposta? “É como uma mistura fina de solventes de limpeza, para não usar no banheiro. Quando eu era zelador, costumava trabalhar com caras no estilo (dos personagens) Rocky e Bullwinkle. Eles limpavam os vasos sanitários com as mãos sem nenhuma proteção e depois almoçavam sem lavar as mãos. Eles eram muito sujos”, recorda.

>>> Veja também no POP FANTASMA: Quando Kurt Cobain fez filmes de terror

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here