Tem (você deve saber) autobiografia de Debbie Harry, cantora do Blondie, vindo aí. É Face it, agendada para chegar às livrarias em 1º de outubro de 2019. Olha a capa aí.

Aquela vez em que Debbie Harry escapou do serial killer Ted Bundy

Um dos trechos já revelados do livro apareceu recentemente na Dazed, e traz Debbie contando sobre o dia em que quase morreu nas mãos do assassino serial Ted Bundy – aquele mesmo sujeito que matou e estuprou mais de 35 mulheres. Ted foi condenado à morte e acabou na cadeira elétrica na Flórida, em 24 de janeiro de 1989, aos 42 anos.

Aquela vez em que Debbie Harry escapou do serial killer Ted Bundy
Ted Bundy (foto: Wikipedia)

Debbie só foi saber quem era Ted Bundy (e reconhecer o sujeito que a assediara no começo dos anos 1970) quando leu no jornal uma reportagem sobre ele e viu sua foto. Lembrou que em certa ocasião estava saindo do trabalho e indo a um clube, quando passou um Fusca branco, e o motorista lhe ofereceu uma carona. Era Ted, embora ela nem soubesse de quem se tratava.

Aquela vez em que Debbie Harry escapou do serial killer Ted Bundy
O Fusca do filho da puta do Ted Bundy (foto: Wikipedia)

“Continuei tentando pegar um táxi. Mas ele era muito persistente, me perguntou para onde eu estava indo. A apenas alguns quarteirões de distância, ele disse: ‘Bem, eu vou te dar uma carona'”, contou.

Debbie acabou aceitando entrar no carro. Nem sabia que o motorista era um assassino serial, mas achou tudo estranho: as portas não tinham maçaneta, as janelas estavam fechadas, o interior do carro estava todo detonado e (pior) Ted fedia a cocô. Antes que ele arrancasse com o carro, ela conseguiu abrir a janela e abrir a porta por fora. “Assim que ele que eu tinha feito isso, tentou virar a esquina muito rápido. Eu saí do carro e caí no meio da rua”, recorda ela, que depois relembraria a história na biografia do Blondie, Vidas paralelas. “Eu tive muita sorte. Na época, eu não sabia nada sobre Ted Bundy”, conta.

Veja também no POP FANTASMA:
– Debbie Harry no TV Party ensinando a dançar o pogo.
– Blondie: Debbie Harry clicada por Chris Stein, na Punk Magazine
– Aquela vez que Andy Warhol desenhou Debbie Harry num computador Amiga 1000
Macabre: o Sgt. Pepper’s dos serial killers
– Qual era a das trilhas sonoras de filmes dos anos 1980?
E a fase hippie da Debbie Harry?