Em várias entrevistas, Renato Russo – que completaria 57 anos hoje – sempre fez questão de citar artistas que o influenciaram, ou que influenciaram a galera do rock de Brasília de modo geral. Alguns deles não são nada conhecidos no Brasil, ou até tiveram discos lançados aqui que passaram em branco. Olha só os quatro discos e grupos abaixo:

“ALICE’S RESTAURANT” – ARLO GUTHRIE (1967). Inspiração para o filme “Alice’s restaurant”, comédia dirigida por Arthur Penn com o próprio Arlo no papel principal, o primeiro disco do filho do cantor de protesto Woody Guthrie conseguiu estourar um hit bastante inusitado: o talking blues “Alice’s restaurant massacre”, de mais de 18 minutos, que falava sobre o dia em que Arlo e dois amigos foram presos por jogar lixo em local inapropriado, e também sobre sua liberação de uma convocação para a Guerra do Vietnã por causa da tal prisão. Renato adorava e André X, baixista da Plebe Rude, lembra de ter se inspirado nessa música para escrever a parte falada de “Vote em branco”.

“AMERICAN BEAUTY” – GRATEFUL DEAD (1970). Renato costumava falar que “não entendia como as pessoas não conheciam esse disco no Brasil” (tem essa frase no livro “Dias de luta”, do jornalista Ricardo Alexandre). Nem mesmo o sucesso do filme “Beleza americana” serviu para fazer com que esse clássico fosse redescoberto no Brasil, e é o disco de canções clássicas da banda, como “Box of rain”, “Friend of the devil” e “Truckin'”, além da emocionante “Attics of my life”.

“COLOSSAL YOUTH” – YOUNG MARBLE GIANTS (1980). O som desse trio do País de Gales lembra uma mistura bizarra de pós-punk, folk e trilhas de videogames (o grupo usava voz, baixo, teclados e uns barulhinhos programados à guisa de percussão, e só). Kurt Cobain e Courtney Love também eram fãs, e “Colossal youth”, único disco deles, aparece até numa lista de “50 discos preferidos do Nirvana“. “L’age d’or”, música do disco “Legião Urbana V” (1991), por sinal, fala em “lá vem os jovens gigantes de mármore”. Não é à toa.

“WAITING FOR A MIRACLE” – THE COMSAT ANGELS (1980). Na década de 1980, por intercâmbio entre roqueiros, não houve músico da turma de Renato Russo que não fosse influenciado por esse grupo de Sheffield, Inglaterra. Ganha um doce quem adivinhar que música da Legião foi inspirada em “Independence day”, hit do Comsat Angels. É só ouvir a introdução.