As lembranças que praticamente todo mundo tem do Menudo vêm dos anos 1980. Em 1984, parecia fazer muito sentido para o Brasil, recém-saído da ditadura militar, dançar e cantar ao som de Não se reprima. Era o primeiro hit do grupo portorriquenho no país, lançado com um clipe no Fantástico que, tudo considerado, marcou época.

De lá para cá, muita coisa aconteceu com o grupo. O Menudo mudou de formação várias vezes (chegou a mudar o nome para MDO), perdeu a infame degola de integrantes aos 16 anos (quem chegava à idade, tinha que sair por causa da mudança de voz) e até tentou recomeçar um sucessinho no Brasil em 1989, com um semi-hit chamado Los ultimos heroes. No fim dos anos 1990, o nome “Menudo” foi descontinuado e o grupo encerrou atividades.

Agora, o que possivelmente você não sabe ou não lembra é que a MTV tentou reativar o grupo em 2007 a partir de dois reality shows. Olha aí, ó.

Road to Menudo e Making Menudo foram ao ar em 2007 pela MTV Tr3s, divisão da emissora voltada para o público hispânico. Os dois programas eram complementares: o primeiro fazia a triagem de adolescentes interessados em fazer parte da boy band, o outro reduzia a turma a quinze nomes. Todos ficavam numa mesma casa e passavam por várias provas. No final, ficaram para contar a história do novo Menudo, José Bordonada Collazo, José Antonio Montañez (Monti), Christopher Nelson Moy, Emmanuel José Vélez Pagán e Carlito Olivero. Essa turma ficou junta até 2009.

Em 18 de dezembro de 2007, essa rapaziada lançou um EP, More than words. Olha a faixa-título aí. Como o disco saiu perto do Natal, tinha uma faixa chamada This Christmas.

Em 24 de junho de 2008 saía mais um single dessa formação obscura do Menudo, Lost. Essa música, que gozado, foi feita por Philip Lawrence, Cory Rooney e por um iniciante Bruno Mars. E tinha sido feita para alavancar a carreira solo de Mars – que acabou topando cedê-la para o grupo portorriquenho, já que a grana era boa.

Via Billboard.