O canal de vídeos Polyphonic notou que It’s the end of the world (And I feel fine), clássico do R.E.M., voltou às paradas no dia 13 de março de 2020, mais de três décadas depois de seu lançamento. E, claro, a explicação não poderia ser outra: estamos no meio da pandemia do coronavírus e o mundo como nós conhecíamos foi embora totalmente.

“Temporadas de esporte foram canceladas, há restrições de viagens, pessoas correndo para o banheiro para lavar as mãos… Há um sentimento surreal de apocalipse”, afirma o vídeo, o que justifica que a canção da banda tenha voltado a ser ouvida por aí – com direito a colapso climático e vários protestos rolando por todo o mundo, e aumentando o clima de que tem algo muito maluco acontecendo.

“Para uma série de pessoas, é como se fosse o fim do mundo, agora mesmo”, afirmam, antes de partirem para uma análise da letra do sucesso do R.E.M. Que ainda por cima deixou muitos fãs sem dormir por causa das presenças de nomes como o comediante Lenny Bruce, o maestro Leonard Bernstein e o jornalista musical Lester Bangs. Por que tanta gente com iniciais LB numa mesma faixa? “Foi por causa de um sonho do vocalista Michael Stipe, de que ele foi numa festa de aniversário de Bangs e ele era o único convidado que não tinha iniciais LB”, explica o vídeo.

Pega aí.