Deu no site da BBC: desde 2001, a Suprema Corte americana permite que grupos religiosos ofereçam cursos extracurriculares a alunos da rede pública. Por causa disso, há várias igrejas católicas e evangélicas criando “clubes” de evangelização. E por que não os adoradores do tinhoso? Membros do Templo Satanista dos EUA resolveram aproveitar a oportunidade para questionar a onipresença de cursos cristãos nas escolas norte-americanas, e oferecer uma alternativa a crianças e pais.

Tempo Satanista dos EUA

Se você tá pensando que é brincadeira, olha aí o lápis de três pontas, simulando um tridente, que serve de logotipo para o programa After school satan (Satã depois da escola). A diretora do projeto, Chalice Blythe, chegou a falar com a BBC Brasil a respeito: “Se cursos religiosos são permitidos nas escolas, nós queremos espalhar nossos clubes por toda a nação para garantir que múltiplos pontos de vista estejam representados”. No site do programa, a turma faz questão de explicar que, sim, satanismo e escola combinam, e que a prática não pode ser deixada de fora dos mesmos lugares em que o cristianismo entra sem problemas.

Um pequeno vídeo explicando o que é o projeto e mostrando que… satanismo é divertido.

O Templo ainda criou um projeto de proteção ao abuso de crianças nas escolas (o vídeo abaixo contém cenas fortes).

Livro de atividades das crianças satânicasObviamente o assunto tá gerando uma discussão enorme entre os que são contra e os que são a favor. Chalice Blythe diz que trata-se de uma religião como qualquer outra, e que “não ter crenças ou fundamentos supersticiosos não nos torna menos sinceros em nossas ações e convicções do que aqueles que mantêm a crença em uma divindade” (a tal adoração à imagem do diabo, diz ela, vem porque Satã é “um herege que questiona as leis sagradas e rejeita todas as imposições tirânicas”). O advogado constitucionalista John Eidsmoe diz que vai rolar uma enorme discussão sobre se o satanismo é ou não uma religião. E tem mais gente falando (mal) a respeito. “Este grupo não é legítimo. A única razão para ele existir é se opor aos Clubes de Boas Notícias (de ensino religioso cristão), onde ensinam a moral, o desenvolvimento do caráter, patriotismo e respeito, de um ponto de vista cristão”, afirmou à BBC Mat Staver, fundador do grupo evangélico Liberty Counsel (no tal link da BBC você acompanha toda a discussão).

E se na escolinha infantil você tinha a cartilha Caminho suave, acredite: as aulas das turmas infantis do Templo Satânico têm também um livrinho. Que é O grande livro de atividades das crianças satanistas, esse livrinho aí da capa acima. Olha só uns trechinhos dele aí embaixo. Ele custa US$ 9,95 (não testamos).

Guia de atividades das crianças satânicas Guia de atividades das crianças satânicas Guia de atividades das crianças satânicas

Se você já se amedrontou com a possibilidade de essa turma conseguir espaço em escolas públicas com seus grupos religiosos, por enquanto dá pra relaxar: no tal papo com a BBC, o Templo não confirmou se obteve permissão oficial de alguma escola para a criação dos grupos no próximo ano letivo, que começa em setembro.