Presente em Scum (1987), primeiro LP da banda britânica de grindcore Napalm Death, a canção You suffer dura exatamente 1.316 segundos. Encerra o lado A do disco, que é gravado por uma formação diferente da do lado B. São praticamente duas bandas com o nome “Napalm Death” no mesmo debut, unidas apenas pela onipresença do baterista Mick Harris. A música chegou a ser lançada num single em 1989 – na verdade um split-single com uma banda chamada The Electro Hippies. E, por tal motivo, o disquinho é considerado o compacto mais curto do mundo.

Recentemente uma reportagem publicada pela Noisey mostrou as relações entre Scum e os experimentalismos musicais. Nicholas Bullen, baixista que fundou a banda e tocou no lado A de Scum, deixou o grupo para dedicar-se a ambientações e instalações sonoras. Está mais próximo de um sujeito como Brian Eno do que do punk ou do heavy metal. Gente ligada à música eletrônica também ama a estreia da banda.

Por isso, nada estranho que um músico chamado Lea Cummings, que comanda um projeto experimental chamado Kylie Minoise, tenha resolvido regravar You suffer. Só que ele a transformou numa ambientação sonora esquisita de mais de uma hora (!).  Sim, o resultado ficou bem mais próximo do estoura-tímpanos Metal machine music, de Lou Reed (1975) do que do grindcore. Essa maluquice saiu por um selo escocês chamado Kovorox Sound, apenas em CD-R, em 2007. E serviu para comemorar os 20 anos de Scum.
Olha aí You suffer, com mais de uma horinha, pelas mãos do Kylie Minoise. Ouça por sua conta e risco.

Abaixo você encontra uma entrevista com Cummings, em inglês (tem legendas automáticas – ruins). E citamos o Kylie Minoise numa listinha de nove artistas que lançaram discos no formato floppy disk.