Da lista de covers das quais o POP FANTASMA não fazia a menor ideia de que tinham existido: em 1997, Robbie Williams resolveu gravar Making plans for Nigel, do XTC, como lado B de Old before I die, primeiro single retirado de seu primeiro disco, Life thru a lens. A cover apareceu apenas em um dos lançamentos britânicos do single, e na versão lançada na Holanda.

(contamos a história de Making plans for Nigel, que está fazendo 40 anos este ano, aqui)

A versão do britânico para Making plans (que lembra discretamente Placebo) acabou ficando um tanto obscurecida por um fato básico. O primeiro single dele fez sucesso moderado, pelo menos se comparado ao quarto compacto, Angels. Essa música foi hit de verdade e fez de Williams um popstar conhecido mundialmente. Life thru a lens é que mandou bem nas paradas, já debutando no décimo-primeiro lugar.

Por acaso, Williams tinha estreado solo com uma releitura de Freedom, de George Michael, que chegou a fazer algum sucesso, até no Brasil. Mas não entrou na seleção de músicas de seu primeiro disco.

Old before I die, single que trazia Nigel no lado B, era um britpopzinho (com acento no “pop” da coisa) bem legal. Ganhou um clipe em que Robbie Williams aparecia dividindo o palco com roqueiros de idade avançada.