O Instagram @lovedavidbowie anunciou e fomos lá ver: fizeram um site, o Bowie On Tape, só para relembrar os lançamentos em K7 de David Bowie.

📌 Follow @lovedavidbowie for more 💓💓 📌 BOWIEONTAPE SITE IS LIVE NOW “(Ears tell me) turn it around…” You may have seen John Carroll and Leo Rodia’s Facebook page regarding that most undervalued of Bowie collector formats, the humble cassette tape. They’ve been teasing their new site on the page and at last, it’s ready to view: http://smarturl.it/BOWIEONTAPE The cassette had fallen from favour since being usurped by the CD, but, like vinyl, it’s a format that is coming back into vogue. After all, as John and Leo point out, Tony Visconti reckons “A well-recorded chrome cassette sounds better than a compressed digital format”. The BOWIEONTAPE site joins several other collector sites covering the other formats available to the collector, more of which, next week. Meanwhile, here's a bit from the boys… + – + – + – + – + – + – + – + – + – + – + – + – + – + – + In late 2016 we talked about the lack of information from the usual Bowie sites concerning cassettes, in general we thought it was a shame to snub cassettes as they have played a very big part in creating the Bowie audio legacy. For many years it was the number one choice for many a penniless youngster! So in late October (2016) we decided to take the matter into our own hands and create a site for everybody, from the casual fan to the digital only downloader and the hard core collector of everything, with one main theme in mind: DAVID BOWIE ON TAPE. We have spent many hours making this project possible, we really hope you enjoy it and find it useful. We will try our best to keep it updated and always relevant. John Carroll & Leo Rodia + – + – + – + – + – + – + – + – + – + – + – + – + – + – + So go have a poke around and get involved. If you’re having trouble navigating, check out the help section: http://smarturl.it/BOWIEONTAPE Who make you think? Tag your friend now ⤵️ 📌 Source by: @davidbowie 👍 Thanks you so much 👍 ____________________________________ #davidbowie #lovedavidbowie #davidbowieis #davidbowieforever #davidbowieart #davidbowierip #davidbowiefan #davidbowietribute #davidbowieisgod #davidbowielove #davidbowiefanpage #davidbowiesmoking #davidbowietattoo #davidbowie_offici

A post shared by LoveDavidBowie (@lovedavidbowie) on

Quem fez, fuçou direitinho. O site tem lançamentos de todos os lugares do mundo – inclusive do Brasil – além de fitinhas piratas e até cartuchos de oito pistas. E K7 singles.

Raridade: o primeiro lançamento britânico de The man who sold the world, de 1971, em fitinha. Na época, a Philips do Brasil seguia detalhadamente o modelo das fitas gringas. Parece até os lançamentos da mesma época por aqui. Evidentemente, The man… não só não foi lançado em 1971 por aqui em formato algum, como só chegou ao Brasil em 1990 pela EMI.

O lançamento americano da RCA em 1984, com uma capa que foi considerada a oficial por bastante tempo.

A versão iugoslava (!) de The rise and fall of Ziggy Stardust and The Spiders From Mars (1972), lançada por um selinho local chamado Jugoton.

Até o momento, ninguém mandou para a turma do site alguma fitinha de Bowie lançada pela RCA brasileira nos anos 1970. De Brasil, tem esse Alladin Sane (1973) lançado pela EMI/Rykodisc em 1990. Incluía encarte com letras (minúsculas).

Versão japonesa do mesmo álbum, lançada pela RCA de lá, em 1983.

O recente Reality, de 2003, saiu em K7 na Indonésia, pela Sony local.

Como você já leu no POP FANTASMA, a CBS brasileira (hoje Sony) costumava traduzir os nomes das músicas dos discos lançados aqui pro português. Já no Uruguai, Let’s dance, disco de 1983 de Bowie, virou Bailemos.

No México também.

na Venezuela também.

Olha o 8-track de Ziggy Stardust, lançado nos EUA em 1972.

E o de Space oddity, na reedição de 1972.

Outro Ziggy Stardust em cassette. Só que em versão pirataça, lançada na Arábia Saudita. Atenção para “David Boowie” escrito na capa.

Em 1995, a CBS lançou essa coletânea de Natal em parceria com a Kodak. Conseguiu licenciar o fonograma em mono de Bowie com Bing Crosby, no especial de Natal dele de 1977, cantando Little drummer boy.