“Manequim, seu sorriso é um colar de marfim”, já dizia a boy band oitentista Dominó. No caso desses manequins aqui, eles são todos de marfim, estão guardados desde o século 17, são completamente articulados e cheio de detalhes e, mostram, anatomicamente, tudo o que tem no corpo humano. E pertencem ao acervo da Academia de Medicina de Nova York.

Só existem cerca de cem desses manequins no mundo, não há informações exatas sobre para o que eles eram usados e a maioria deles são bonecas, não bonecos. Há suspeitas de que eram bonecos caros usados por médicos, como um símbolo de status. Num dos momentos mais bacanas do vídeo acima, a curadora da biblioteca de livros e documentos da Academia, Anne Garner, mostra um manequim que reproduz em detalhes o corpo de uma mulher grávida. Incluindo um feto (!), em tamanho mínimo.