No meio do julgamento por ter supostamente mostrado o pênis para uma plateia em Miami, Jim Morrison se colocou à frente dos Doors numa das melhores e mais misteriosas – até hoje – apresentações da banda. Foi no mitológico festival da Ilha de Wight, em 1970. O que pouca gente sabia era que se tratava do último show filmado dos Doors com Morrison. No dia 23 de fevereiro, essa apresentação vai chegar ao público nos formatos CD, DVD, Blu-Ray e digital com The Doors: Live at the Isle of Wight 1970.

“Mitológico” é pouco para definir a edição de 1970 do festival. Em cinco dias, o evento conseguiu reunir nomes como Jefferson Airplane, T. Rex, The Move, Bob Dylan (em sua primeira apresentação após o acidente de moto que sofreu em 1966) e até os exilados Caetano Veloso e Gilberto Gil – que foram assistir e acabaram no palco, acompanhados por músicos da banda carioca A Bolha.

O show dos Doors na Ilha não vinha num dos momentos mais tranquilos do grupo. A apresentação estava incluída numa turnê extremamente cansativa pela Europa, alternada com idas da banda ao tribunal. Os Doors tocaram no sábado, 30 de agosto, numa noite fria, com som e iluminação inadequados. Poucos vídeos desse show haviam vazado até hoje (alguns DVDs da banda traziam trechos, como as apresentações de The end e Break on through), mas os 84 minutos da apresentação na íntegra, só agora.

O assunto ocupa algumas linhas da biografia Daqui ninguém sai vivo, de Jerry Hopkins e Danny Sugerman: Morrison, sem dormir havia quase dois dias, parecia fora de forma e hesitante. E para piorar, a banda encarou a péssima responsa de abrir pro The Who (menina dos olhos da organização e a-banda-que-o-público-queria-ver). “Nosso set foi subestimado, mas muito intenso”, chegou a lembrar o Ray Manzarek . “Nós tocamos com fúria controlada e Jim estava em boa forma vocal”.

Para os fãs, a novidade é que o DVD e o Blu-Ray ainda vêm com um documentário de 17 minutos chamado This is the end. O filme tem entrevistas com o baterista John Densmore e o guitarrista Robbie Krieger, únicos Doors vivos. Ray Manzarek, morto em 2013, aparece numa entrevista concedida em 2002.

E essa é a relação de músicas do set: Roadhouse blues, Backdoor man, Break on through, When the music’s over, Ship of fools, Light my fire, The end (medley): Across the sea/Away in India/Crossroads blues/Wake up.

Update em junho de 2019: jogaram o DVD inteiro no YouTube. Veja antes que tirem do ar.