O POP FANTASMA relembra diariamente alguns discos que estão fazendo aniversário. Os textos serão escritos e postados com total desrespeito ao velho apetite do jornalismo por datas redondas, clássicos indiscutíveis (opa, alguns dos que vamos colocar são clássicos sim) e efemérides de meter medo.

No dia 5 de fevereiro de 1967 saía um dos melhores discos já lançados no mundo (opinião nossa), “Younger than yesterday”, quarto álbum dos Byrds…

… e no mesmo dia em 1970 chegava às lojas a trilha de “As máquinas quentes” (“Little Fauss and Bill Halsy”, no original), composta em sua maioria por canções de Johnny Cash…


… e há quarenta anos saía “Earth”, do Jefferson Starship…


… enquanto em 1984, no mesmo dia e mês, o Simple Minds virava bandona e cruzava a fronteira do sucesso mundial com seu sexto disco, “Sparkle in the rain”…

… e em 1989, chegava às lojas “Dylan & The Dead”, com gravações feitas dois anos antes, na turnê que reunia Bob Dylan e o Grateful Dead…

… já em 1995 era a vez da banda escocesa The Pastels, nesta mesma data, lançar seu terceiro disco, “Mobile safari”

… e em 6 de fevereiro de 2001, Jeff Beck unia blues, rock, guitarras (muitas, como sempre) e som eletrônico no bom “You had it coming”

… e olha só quem lançava disco num 6 de fevereiro, só que em 2006: os Sparks, com “Hello, young lovers”…


… e também num 6 de fevereiro (de 2007), o Fall Out Boy soltava seu variadíssimo terceiro disco “Infinity on high”, levando a brasa do seu punk pop para as sardinhas do hip hop e do R&B em vários momentos (Babyface produziu duas faixas). Parabéns aos discos e aos fãs das bandas!