FruitopiaDifícil imaginar que artistas costumeiramente avessos a muito pavoneamento na mídia, como Kate Bush e os Cocteau Twins, iriam topar fazer música para comerciais de TV – e o pior é que isso aconteceu de verdade, e foi na década de 1990. Os ares hippies emanados de um novo produto da Coca-Cola, o suco Fruitopia, acabaram convencendo a cantora de Wuthering heights e o grupo do clássico disco Treasure (1984) a produzirem músicas para os comerciais.

Se você nunca ouviu falar do Fruitopia, pergunte a seu pai ou seu tio, já que esse produto, lançado originalmente nos Estados Unidos em 1994, chegou a sair no Brasil e durou alguns anos à venda por aqui. Era um refrigerante-da-nova-era que misturava frutas e tinha sabores como The Grape Beyond (um trocadilho com a expressão “the great beyond”, ou “o grande além”, e uva), Tangerine Wavelenght (“comprimento de onda de tangerina”), Citrus Conciousness (“consciência cítrica”, um trocadalho do carilho que em português cairia melhor) e Raspberry Psychic Lemonade (“limonada psíquica de framboesa”), e por aí ia. O sabor era… bom, inesquecível é um modo de descrevê-lo. Seja como for, a agência que tinha a conta do produto bateu nas portas certas. Ninguém mais viajante, cabeça e moderninho do que Kate Bush e os Cocteau Twins para fazer os anúncios.

Olha aí uma playlist com os da Kate Bush.

E olha o dos Cocteau Twins aí.

Kate usou músicos japoneses e marroquinos para ajudá-la nas trilhas e teve total controle artístico sobre todas as peças. Na biografia Kate Bush: Under the ivy, Grame Thomson diz que a motivação para que ela aceitasse compor as músicas nunca esteve muito clara, porque ela costumava recusar propostas de compor músicas para comerciais – mas possivelmente o conceito do Fruitopia, o tom dos anúncios e (qual o problema?) a grana envolvida chamaram a atenção. Já os Cocteau Twins aparentemente não têm dilemas em relação ao assunto: colocaram MP3 dos dois anúncios até mesmo no site da banda.

Detalhe que não foi a primeira vez que Kate fez comercial de alguma coisa. Em 1978, desfrutando de enorme popularidade no Japão, ela fez comerciais para a marca de relógio Seiko, exclusivos para o país. E nesses, ela botou o nome e a cara (e emprestou seu hit Them heavy people).

https://www.youtube.com/watch?v=FThKmPbBquw

Kate Bush fazendo propaganda da Seiko