Com a corajosa ideia de dar à juventude “algo mais”, o programa britânico Something Else foi atração da BBC de 1978 a 1982, sempre mostrando entrevistas, reportagens e shows variados. E foi uma grande voz para as cenas do punk e do pós-punk, programando bandas como The Clash, The Jam, Joy Division.

Na edição de 15 de setembro de 1979, o programa focou na cena de Manchester, trazendo uma antológica apresentação do Joy Division, que lançava o primeiro LP, “Unknown pleasures”. E um debate entre Tony Wilson (selo Factory), Paul Burnett (DJ da Radio One) e o baterista do JD, Stephen Morris, sobre a falta de coisas boas no rádio.

O vídeo tá aí embaixo – o estranho é que apesar de o programa falar de Manchester, a banda de abertura são os londrinos do The Jam, com duas músicas.

O Joy Division tocou “Transmission” e “She’s lost control” – atenção para os passos de dança do vocalista Ian Curtis nessa música. E foi uma apresentação que marcou tanta gente que um tempo atrás um sujeito fez uma remontagem o show do Joy no Something Else usando bonequinhos do Playmobil. Olha aí.

Não era só show: Something Else era um programa de variedades. Nessa edição tinha também um papo com uma mãe solteira de 18 anos de idade de Salford e uma entrevista com um deputado de Rochdale (“o único”, ele esclarece), Cyril Smith.