Fizemos uma vez uma pequena lista de trabalhos que Brian Johnson desenvolveu antes de entrar para o AC/DC e esquecemos disso aqui. Olha aí, ó.

Em 1980, no (olha!) MESMO DIA em que recebeu um telefonema do escritório do AC/DC avisando do teste para vocalista, Brian foi ao estúdio e rasgou a garganta fazendo os vocais para um jingle do aspirador de pó Hoover High Power Compact. Diz o cantor que foi fazer a gravação, depois atravessou a rua e foi ao Vanilla Studios ser testado para os vocais da banda. Chegou lá numa de “oi, sou o Brian de Newcastle” e a turma curtiu o teste.

Olha aí o gente fina Johnson abusando do carisma e contando como fez o jingle e o teste no mesmo dia. De acordo com ele, o vocalista tinha recebido um telefonema de uma pessoa avisando que ele estava sendo convidado para uma audição “com uma banda top secret e famosa” (ele insistiu até ouvir da tal pessoa que era o AC/DC). Na sequência, um amigo ligou e perguntou se ele não poderia dar uma chegada no estúdio para fazer o bendito jingle. Pensou rápido e viu que dava para fazer as duas coisas no mesmo dia. Voltou para casa com 350 libras pelo jingle.