Robert Moog, o criador do sintetizador Moog, foi – digamos – uma figurinha da mídia. Primeiro porque durante os anos 1970, os músicos que tocavam sintetizador estavam nas paradas de sucesso. Segundo, porque mesmo que você não fosse músico, ninguém resistiria a dar uma fuçada em um tecladinho como o Moog ou o também popular mellotron (que bem antes de virar instrumento-chave do rock progressivo, era vendido quase como um brinquedo).

Por isso, não é nada estranho que um programa de TV popular nos Estados Unidos como o To tell the truth tenha levado ao ar, no fim dos anos 1970, uma edição em que os jurados participantes tentavam adivinhar, entre três candidatos, quem era o verdadeiro dr. Robert Moog. A premissa do programa era bem simples. Um painel formado por celebridades fazia perguntas para o verdadeiro Robert Moog, incógnito, e para mais duas pessoas que se faziam passar por ele.

Todos respondiam, sendo que os imitadores precisavam fazer de tudo para convencer os jurados de que eles eram o personagem principal, enquanto os jurados tentavam adivinhar quem era o verdadeiro. Não precisa nem dizer que o sujeito que precisava ser revelado não podia ser alguém famoso a ponto de ser adivinhado de cara.

Olha aí o vídeo da participação. Depois que Robert Moog se revela, ele ainda faz uma demonstração de como tirar sons incríveis do instrumento.