Criado pela empresa Startup Rhytm, o Dreem não passa de uma tira de feltro que você põe na cabeça. Mas a firma diz que o objeto trabalha para monitorar e analisar seu cérebro durante seus períodos de descanso. E promete que, mesmo que seu sono seja extremamente agitado, você vai acordar se sentindo, er, 88% mais bem descansado e alerta (quem dá a cifra é o Huffington Post).

A ideia é que o gadget auxilie naquilo que o periódico chama de “epidemia de falta de sono”, que está pegando na Inglaterra, e deixa os britânicos, em média, com uma noite de sono perdida por semana (mais de 70% dos britânicos não dormem oito horas por noite). A faixa de cabeça foi projetada pelo designer Yves Béhar, pode operar através de um aplicativo no seu telefone (putz, tomara que não funcione como uns spinners aí) e lança mão de técnicas cognitivas e respiratórias. E de muito áudio, seja de sons relaxantes ou até de estímulo a pensamentos abstratos.

O Dreem usa tecnologia de condução óssea, o que garante que sua mulher/seu marido não seja acordado pela geringonça. Que por sinal, deixa você parecido com um super-herói – um Power Ranger, talvez?

Não testamos e aparentemente só a turma do vídeo abaixo testou o Dreem – já que o aparelho ainda está apenas em pré-venda. E aí, vai encarar?