Diz a lenda que durante um ensaio, os três integrantes do grupo norte-americano Hüsker Dü estavam tirando um som com Psycho killer, dos Talking Heads, e não lembravam da frase em francês que aparecia no refrão (“qu’est-ce que c’est ?”). Começaram a falar frases em outros idiomas que vinham à mente na hora – uma delas foi “hüsker dü”, que em dinamarquês significa “você se lembra?”. E era o nome de um game EXTREMAMENTE popular, que vinha desde os anos 1950, teve edições lançadas por várias empresas e, nos anos 1970, foi bastante divulgado na TV e no rádio. Olha aí duas propagandas de TV do jogo.

A primeira propaganda está no canal K-Tel Classics, que mostra antigos reclames da gravadora – o tal comercial do Hüsker Dü é no mesmo estilo dos filmes da K-Tel, “como visto na TV”, “custa tanto”, “funciona assim”, “e mais!”, o que mostra que há relações bem próximas entre a gravadora e a Picam, que comercializava o jogo. No Natal de 1973 chegou a ir ao ar uma versão desse comercial com uns “get it!” subliminares – tirada do ar assim que o Conar de lá protestou (não são os dois vídeos acima).

O Hüsker Dü era um jogo de memória, com um disco repleto de furos em formato de círculo e pequenas imagens, reveladas pelos buracos do tal disco. Se você achou parecido com alguma coisa que você já viu, sim, a capa do Led Zeppelin III (1970) adaptava essa ideia para o lay-out de um LP.