Em 1995, quando montou o selo Grita!, o músico (baterista da primeira formação do Bad Religion) e empresário (é hoje CEO da startup de tecnologia Dympol) Jay Ziskrout deu uma crescida de olho para os Raimundos, que fizeram sucesso com o primeiro disco e estavam preparando o segundo álbum. “Mas parece que eles preferem ficar só no Brasil”, contou à revista Bizz, quando veio ao país procurar fitas demo e bater papo com bandas novas.

Trabalhando na época como diretor administrativo da gravadora Epitaph (criada por Brett Gurewitz, do Bad Religion, e responsável em 1994 pelo sucesso mundial do Offspring com o disco Smash), ele tinha montado o selo Grita! para trabalhar justamente com bandas da América Latina. Contratou bandas como Los Mas Turbados, Todos Tus Muertos, Niños Con Bombas e uma banda brasileira, Blind Pigs.

Olha aí Jay explicando a que vinha o Grita! numa reportagem da MTV (desencavada pela turma do grupo 90Under).

O disco do Blind Pigs pelo selo, São Paulo chaos, saiu em 1997. Curiosamente, Jay escolheu uma banda que cantava em inglês e tinha uma proposta bastante parecida com a das bandas da Epitaph. Hoje, o álbum está no catálogo do selo paulistano Hearts Bleed Blue, por onde lançaram em 2015 seu mais recente disco, o EP Linha de frente.

Ah, sim: uma banda que merece um dia um textinho especial aqui no POP FANTASMA é o Niños Con Bombas, trio formado na Alemanha por um chileno (Daniel Puente Encina), um brasileiro (Alex Menck) e um alemão (Norman Jankowski). O grupo durou até 1999 e gravou dois discos pelo selo. Ouve aí Skreamska e diz o que achou para a gente.