Quando foi admitido no Metallica como baixista no final de 1986, Jason Newsted (que, como é público e notório, já não está na banda há um bom tempo e deu lugar a Robert Trujillo), sabia que seria uma parada indigesta. Substituir o então recém-falecido Cliff Burton não seria nada fácil. O que Newsted jamais poderia imaginar é que seria vítima de bullying, assédio moral e desprestígio dentro do Metallica desde sua entrada. James Hetfield e Lars Ulrich aprontavam coisas como danificar os quartos de hotel nos quais o músico se hospedava, pedir bebidas em nome dele, deixar o baixista sem transporte após shows etc. E, como qualquer fã do grupo sabe, a maior sacanagem aconteceu na gravação do disco “… And justice for all” (1988), o primeiro dele com a banda: apagaram o baixo de Newsted e deixaram o grupo só com voz, guitarra, bateria e um “fantasma” de tom grave (se você NUNCA ouviu o disco, confira aí embaixo).

Na época, como se sabe hoje, isso deu uma baita merda: recentemente, o engenheiro de mixagem do disco, Steve Thompson, entregou que o responsável pela cagada foi o baterista Lars Ulrich. Mesmo arriscando colocar a qualidade do disco a patinar, Lars ordenou que o técnico deixasse o som do baixo apenas com volume suficiente para que o LP duplo não ficasse desprovido de notas graves. Tudo porque o músico queria que a bateria ficasse com o som que ele desejava. “Cheguei a falar com ele: ‘Você está brincando, certo?. E ele: ‘Não, pode abaixar tudo’. Baixei e ele me pediu para reduzir mais cinco decibéis. Na hora, só olhei para o James Hetfield (vocalista e guitarrista) e perguntei: ‘Ele está mesmo falando sério?'”, contou Thompson (leia mais sobre isso aqui, em inglês).

"... And justice for Jason": o clássico do Metallica, dessa vez COM baixo

Bom, o que importa é que um/uma fã do Metallica decidiu fazer justiça a Jason Newsted a seu modo: pegou “… And justice for all”, mexeu no som do baixo num estúdio caseiro e soltou no YouTube “… And justice for Jason”, versão do álbum com o som do instrumento ligeiramente superior ao LP/CD/arquivo digital oficial que os fãs já conhecem. Olha aí.

Nos comentários, os fãs mudaram os nomes das músicas para homenagear Jason.

"... And justice for Jason": o clássico do Metallica, dessa vez COM baixo

Vingança dos baixistas: um fã gravou as músicas do disco usando só baixo, e soltou no YouTube.