Em 1961 o então presidente Jânio Quadros fez a tristeza de vários foliões tirando o lança-perfume do mercado. Até então, não havia (aparentemente) muito problema com relação ao assunto. Tanto que em 2 de março de 1954 a editora Abril não se importou de colocar o Zé Carioca e o Pateta aproveitando o Carnaval com uma MANGUEIRA de lança-perfume. Olha aí.

Só isso mesmo. Pode ir. Valeu.

Via Disneymentales.