Isso que você está vendo na foto acima é uma sonda retal. Serve para fazer aquilo que no jargão médico é conhecido como enema, ou clister. Enfim, a popular lavagem intestinal, ou a introdução de medicamentos no organismo por via anal.

O roqueiro Shaun Ryder, criador das bandas Happy Mondays e Black Grape, está participando de um reality show bastante peculiar, exibido pela emissora britânica ITV. 100 years younger in 21 days leva oito estrelas da Grã-Bretanha para um spa, em que se submeterão a tratamentos pouco convencionais de rejuvenescimento. Parece piada do Costinha, mas um dos tratamentos revigorantes do tal spa inclui um enema de café, por uso de sonda retal.

Ryder – cujo histórico inclui tanto abuso de drogas que há alguns anos, ao escrever uma autobiografia, admitiu ter precisado recorrer a jornais e revistas porque teve um apagão de 16 anos na memória – foi uma das celebridades que se submeteram ao tal enema de “café preto, sem açúcar”, como o narrador faz questão de esclarecer. O resultado segue abaixo. Shaun disse ter sentido dor, até porque precisava expulsar o café do organismo após segurá-lo por cinco (!) minutos.

Lógico que ninguém conseguiu ficar sem mover um músculo da face diante da agonia de Ryder. O apresentador de TV e comediante Roy Walker disse que jamais conseguiria olhar para a bebida da mesma forma. Mas Roy também passou por uma situação, er, inusitada. Aliás ele e a veteraníssima atriz (91 anos) June Brown, ambos submetidos no programa a uma massagem facial feita por caramujos. Encara?

Bom, outro tratamento consiste em passar a própria urina no rosto. Sandra Martin e June Brown (que apesar da idade avançadíssima, também fez o tal enema de café) encararam essa e mais outras.

Nem tudo no programa é essa dureza toda. Os nove participantes – uma lista que ainda inclui o astrólogo popstar Russel Grant, a ex-atriz da série tradicional Coronation Street Sherrie Hewson e a ex-participante do reality show Gogglebox Sandra Martin – também precisaram tomar banho numa piscina cheia de leite. Parecia agradável, até o momento em que um dos comandantes do programa mostra a eles várias cumbucas com queijo fermentado, feito a partir de leite de cabra. E pede a todos que passem aquilo no corpo como se fosse sabonete. Shaun não gosta muito da ideia.

Como em todo reality show, já começaram a surgir fofocas e mimimis. Um deles diz respeito a uma esnobada que os outros participantes teriam dado em Sandra, na base do “ela é apenas uma participante de reality show, tá fazendo o que aqui?”. June Brown teria sido a mais indignada com a presença dela por lá. Sandra apenas declarou que pretende escrever um livro sobre a experiência.

Vale dizer que o programa coube como uma luva no novo estilo de vida de Shaun Ryder, que se diz livre das drogas, e afirma que gosta de praticar esportes com as filhas. Falou isso há pouco num papo com o The Sun. Em 1991, muita gente lembra, os Happy Mondays vieram se apresentar no Rock In Rio II a bordo do hit Kinky afro, e Ryder chegou a declarar que traria mil tabletes de ecstasy ao Brasil. Depois desistiu, dizendo que não queria conhecer o sistema carcerário brasileiro.

Em janeiro, Ryder, coincidentemente, já tido um ato heróico ao salvar a vida de seu futuro companheiro de reality show, Roy Walker, na Sardenha. Walker praticava stand up paddle quando foi levado pela correnteza. Ryder pulou na água e salvou o amigo. “Foi terrível de assistir. Foi coisa de super-herói mesmo”, disse uma testemunha ao The Sun na época. Olha os dois aí falando do assunto.