Pouco antes de integrarem a primeira formação da banda de rock progressivo Gentle Giant, os irmãos Derek, Phil e Ray Schulman faziam parte de um grupo que tem recebido pouco mais do que pés de página na história do rock, Simon Dupree And The Big Sound. O problema é que esse grupo hoje pouco lembrado conseguiu um dos maiores sucessos do finzinho de 1967 com Kites (foi Top 10 no Reino Unido) e, mais que tudo, deixava a mulherada maluca. A ponto da BBC resolver escolher o grupo para uma reportagem sobre o fenômeno das groupies (“um mundo onde as garotas são as caçadoras e os roqueiros são a caça”), chamada The ravers. Alguém guardou essa reportagem por vários anos e subiu no YouTube.

O cerco aos três irmãos e a seus colegas (a banda ainda tinha mais três integrantes) era brabo mesmo, como dá para ver no filme: os caras eram agarrados nos camarins, no acesso a vans, em tudo quanto era lugar. Não foi uma história que durou muito tempo, já que a banda cansou-se de ser vista como apenas uma maravilha-de-um-só-hit pela sua gravadora, justamente a mesma Parlophone que contratara os Beatles. Saiu só um LP (Without reservations) e, antes e depois, um punhado de singles – entre eles, um compacto creditado a uma banda fictícia chamada The Moles, que teve gente achando que eram os Beatles com Ringo Starr no vocal e outro nome.

No Spotify tem um EP ao vivo deles gravado na BBC em 1967.

Isso aí é Kites, principal hit deles.

We are the Moles, single do The Moles, em duas partes.

E olha o pegador Derek Schulman fazendo um discurso em 2015, no dia em que o Gentle Giant ganhou um prêmio no Progressive Music Awards.