O Danceteria, clube novaiorquino que funcionou de 1979 a 1986, era um novo conceito de casa noturna. Tinha quatro andares, vários DJs tocando simultaneamente, vídeos sendo exibidos (parece estranho, mas até os anos 1970 não era das coisas mais comuns do mundo alguém colocar um aparelho de TV num local que não fosse a sala de casa), etc. Quem queria ver e ser visto ia lá, e esse “ver e ser visto” incluía nomes como Depeche Mode, Duran Duran, B-52’s, Butthole Surfers, Nick Cave. Todos eram frequentadores do local.

E foi lá, em 1983, que o fotógrafo Eric Kroll clicou Madonna, no comecinho da carreira, com discretas trancinhas e corte de cabelo new wave. Kroll é mais conhecido por clicar fotos eróticas e fetiches em geral – lançou livros como Sex objects e Fetish girls, inclusive. Nesse dia aí, pegou Madonna antes que ela virasse a Rainha do Pop, rezando (literalmente, olha as fotos) na catedral do pós-punk.

Fotos raras de Madonna no Danceteria, em 1983 Fotos raras de Madonna no Danceteria, em 1983 Fotos raras de Madonna no Danceteria, em 1983 Fotos raras de Madonna no Danceteria, em 1983 Fotos raras de Madonna no Danceteria, em 1983 Fotos raras de Madonna no Danceteria, em 1983 Fotos raras de Madonna no Danceteria, em 1983 Fotos raras de Madonna no Danceteria, em 1983 Fotos raras de Madonna no Danceteria, em 1983 Fotos raras de Madonna no Danceteria, em 1983 Fotos raras de Madonna no Danceteria, em 1983

E essa aí é a primeira vez que Madonna mostrou seu hit Everybody na Danceteria, em 16 de dezembro de 1982.

Via Majestic Bunny.