Falamos agora há pouco a respeito das propagandas televisivas de discos da gravadora K-Tel. Se você nunca ouviu falar do selo norte-americano e de sua importância para a cultura pop do Brasil, segue aí um textinho do site Music Non Stop sobre a história da operação brasileira deles e dos álbuns que eles lançavam por aqui. Só que essas propagandas não apareceram só na TV lá fora. O canal do YouTube K-Tel Classics, que compila vários desses comerciais nas versões norte-americanas, tem essas duas propagandas brasileiras da K-Tel. Olha aí.

Com nome, er, bastante sui generis, Sorrisos e lágrimas trazia hits dos anos 50 e 60, como The twist, de Chubby Checker e Blue moon, com The Marcels. Muita gente tinha isso em casa. A narração é de Luís de França.

Supershow, de Elton John, comprimia dezoito músicas em um só LP, cortava algumas delas para poder caber tudo. E tinha um som horrível.

1 Comentário

  1. […] Não foi só o disco dos Sex Pistols que saiu pela coleção. Álbuns de Julio Iglesias, de grandes hits mundiais (no estilo da K-Tel), LPs de poesia falada e até fofíssimos discos infantis também faziam parte da série. Vale lembrar que naquela época, álbuns vendidos a preços baratos, que traziam hits regravados, eram popularíssimos no mundo todo. Inclusive no Brasil. Falamos certa vez disso aqui e aqui. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here