Uma nova linha de camisetas lançadas por Kylie Jenner e Kendall Jenner está deixando os roqueiros p***utos (as) da vida. As duas it-girls decidiram colocar fotos suas em cima de imagens relacionadas a bandas e artistas como Pink Floyd, Metallica, Led Zeppelin, The Doors, Ozzy Osbourne e vários outros – na prática, foi só pegar camisetas que já existiam, e aplicar as imagens das duas irmãs. Olha aí.

Sim, uma turma numerosa aí ficou bem puta…

Você deve estar se perguntando: “E essas bandas, não vão fazer nada?”. Sim, todas elas podem meter um advogado em cima, reclamar bastante e processar as duas irmãs. Mas para isso vão ter que provar que o uso do nome delas aconteceu “num contexto de marca”. O site Consequence of Sound recentemente reportou o caso da vocalista Laura Jane Grace, da banda punk Against Me!, que em setembro reclamou publicamente da marca britânica Topshop. A empresa lançou um casaco de couro, cheio de arrebites como manda (?) a moda punk, e que trazia o nome “Against Me!” impresso. A empresa tirou a peça de roupa de catálogo após o tweet de Laura, que você vê abaixo – e vale afirmar que a musicista, sob seu antigo nome Thomas J. Gabel (ela é transexual e passou a se chamar “Laura Jane Grace” em 2012), registrou também o “Against Me!” para uso em vestimentas para homens e mulheres.

Apesar de empresa ter concordado com a reclamação de Laura, não é tão fácil assim: o advogado Howell O’Rear, que escreve sobre música e copyright para a Billboard, contou à Consequence of Sound  que o nome da banda “não indicava a fonte ou o produtor” da peça de roupa e aparecia ao lado de outros artistas (o grupo punk calforniano The Vandals estava na traseira da jaqueta).”Parece um roubo ou um plágio, mas isso não significa que existam os mesmos riscos de se infringir uma lei de copyright ou uso de marca. Alguns roubos são legais. Isso é duro de engolir, mas acontece”, disse ele (por acaso, recentemente, olha só o que aconteceu aqui no Brasil).

A banda The Vandals, que já tinha sido processada pela revista Variety por ter parodiado o logotipo da publicação em seu disco Hollywood potato chip, de 2004, por sinal, não se incomodou tanto assim com a tal jaqueta…