Um retorno dos Beatles teria feito um bem danado a John Lennon e Paul McCartney em 1973. Paul estava sendo constantemente aporrinhado pela ATV, que controlava o catálogo dos Beatles, por não ter continuado a compor com Lennon – o que gerou o especial de TV James Paul McCartney, feito só para a empresa deixá-lo em paz. Lennon estava separado de Yoko e reatando com amigos antigos. E olha que chegou a passar pela cabeça do autor de Imagine voltar com a banda. Ou algo do tipo.

Como? Em 1973, Lennon concedeu uma entrevista a seu porta-voz (e apresentador de TV e rádio) Elliot Mintz em que dizia que havia uma possibilidade muito real da banda voltar a tocar junta. “Eu adoraria que acontecesse. Não sei quando vai rolar porque me guio pelos meus instintos, mas se bater a vontade, vou ligar pra eles e falar pra fazermos alguma coisa. Minhas memórias são as melhores possíveis e as feridas estão curadas”, disse.