A morte de David Bowie foi, como se pode imaginar, um enorme golpe para Iggy Pop. Quando o parceiro dele em China girl morreu no comecinho de 2016, Iggy divulgou um comunicado no qual dizia: “A amizade de David era a luz da minha vida. Eu nunca conheci uma pessoa tão brilhante. Ele era o melhor que existiu”, escreveu.

A Far Out Magazine recorda que, logo depois, foi a vez de Iggy prestar uma homenagem (de duas horas!) ao amigo no seu programa Iggy Confidential, que vai ao ar na BBC 6. O programa não está mais online. Iggy escolheu todo o repertório de memória. “Peguei um pedaço de papel e uma caneta, fechei os olhos e apenas me lembrei do que gostava em momentos diferentes”, disse.

Quando apresentou Wild is the wind, música gravada por Bowie no disco Station to station (1976), lembrou que a música foi gravada no Cherokee Studios, e que “era apenas um típico e bom estúdio de rock’n’roll, de um cara que era ligado a um outro sujeito que sempre tinha uma montanha de drogas. E havia pessoas com cabelos longos demais para seus corpos indo e vindo em carros estranhos. E namoradas estranhas”. Na época, você deve lembrar, Pop foi tirado por Bowie de uma clínica de recuperação para aquela que seria a primeira turnê realmente profissional de sua carreira solo. Iggy foi para Berlim Ocidental com Bowie, teve The idiot e Lust for life produzidos pelo amigo, e o resto é história.

Olha aí a lista de músicas apresentadas por Iggy Pop: Boys keep swinging’, Art decade, John I’m only dancing (versão sax), Black country rock, Station to station, What in the worls, Wild is the wind, Scary monsters (And super creeps), The prettiest star (single version), Moss garden, Panic in Detroit, Dirty boys, Moonage daydream, Sound and vision, Under pressure, Diamond dogs, Criminal world, Where are we now?, I can’t give everything away, Stay (US single edit), TVC 15, Young americans (single version), Golden years (single version), Alladin Sane, Dollar days e Warszawa.

O programa não está mais no ar, mas se você quiser ter uma ideia de como foi, olha a playlist da Far Out aí.

Uma curiosidade sobre Iggy Confidential: o velho stooge costuma tocar música brasileira em alguns programas – Jorge Ben já apareceu algumas vezes. Numa das últimas edições, tocou nada menos que Velha infância, dos Tribalistas. Ouve aí.