Localizado no município de Mesquita, na Baixada Fluminense, o Bar Virtude vai sediar nesta sexta (29), a partir das 20h, o… 1º Festival de Arroto Feminino, valendo uma caixa de cerveja para a garota cujo arroto vencer em quesitos como volume e duração. Não, não é piada. Ou melhor, agora não é mais piada. O evento tinha sido criado na descontração há alguns meses no Facebook – lembra-se daquela febre de eventos fakes no estilo Evento para Segurar Essa Barra que É Gostar de Você?. Mas o sucesso foi tão grande que a turma do boteco decidiu criar de verdade o evento. Que vai ter, na mesma noite, competição, semi-final, final e shows nos intervalos, das bandas Banheiro Azul e Gente (cuja vocalista, Iolly Amancio, vai apresentar o convescote).

“A gente não esperava nada disso. Eu criei o evento como uma zoação para divulgar o bar, mas a história foi crescendo, porque várias meninas começaram a postar no evento dizendo que iriam participar”, conta pra gente o dono do Virtude, Wanderson Vasconcelos. Tem empoderamento feminino na história, então? Pois é, olha que tem. “A mulher pode fazer o que ela quiser, né? Tem muita mulher que pensa: ‘Por que é que só o homem pode arrotar e a mulher, não? Qual é o problema de eu querer arrotar?’ Achamos que muita garota fosse ficar com nojo dessa história de Festival de Arroto Feminino, mas me surpreendi”, continua.

Se você ainda tá achando que é brincadeira, e quer se juntar às cerca de 20 competidoras só pra zoar, vai um conselho: garanta o estoque de Coca-Cola e água com gás porque vai ter júri (formado apenas por mulheres) e uma comissão de medição bastante rigorosa com a arte da eructação feminina. E, com certeza, um bando de garotas a fim de expelir gases como nunca fizeram na vida. “Vamos usar um decibelímetro, emprestado pela turma do Banheiro Azul, para medir o volume. Uma pessoa mede os decibéis, outra fica com o cronômetro e por aí vai”, conta o dono do bar. Mais: tem participação ilustre no júri, que é a da youtuber catarinense Juliana Ramos, conhecida como a Menina Arroto. É a garota-propaganda da foto lá de cima, e a protagonista do vídeo abaixo.

Conhecida pela capacidade de falar frases inteiras arrotando (olha, dá até nervoso), ela vai participar do júri, à distância. E justamente por isso, o evento será transmitido pela internet – fique de olho no evento do Facebook para saber de mais detalhes. “Vamos colocar um telão e uma câmera no concurso para ela poder participar”, conta Wanderson. E aí, vai encarar?