Não pôde ir ao primeiro dia do encerramento da turnê “The end”, do Black Sabbath, na terra natal da banda (Birmingham, Inglaterra), na quinta (2)? Bom, alguns fãs já andaram subindo vídeos da noite para o YouTube – com som ruim, já aviso.

O comecinho do show na Genting Arena, com a banda subindo ao palco, com “Black Sabbath”…

…”Into the void”, com os integrantes bem de pertinho – e som estourado no seu ouvido…

…”Supernaut”, “Sabbath bloody sabbath” e “Megalomania” unidas num medley, sem os vocais de Ozzy, que não tem mais alcance pra essas coisas (essas músicas não estavam no set list da turnê da banda no Brasil)…

…”Children of the grave”, gravada por um ser humano que ficou bem embaixo de Tony Iommi, na plateia…

…”War pigs”, bem de pertinho…

E olha “N.I.B.” aí.


No papo abaixo, com a BBC (que foi até o local de uma das primeiras gigs da banda), Ozzy Osbourne tenta explicar um pouco de sua visão do fim da banda. “Na época do primeiro disco, um dos pensamentos que eu tinha era de aquilo iria ser bom por alguns anos. E depois continuou. Você vai subindo e rolando da mais alta montanha e isso continua por 49 anos”, disse o cantor, que não descartou a hipótese de se emocionar bastante no palco. “Minhas emoções estarão voando por todos os lugares, vamos ver o que rola” (não rolou).

O jornal local “Birmingham Mail” publicou uma resenha do show (leia aqui). O último dia de shows é hoje, sábado (4).