Hoje senador pelo PSD e afastado do jornalismo, Lasier Martins, 74 anos, será sempre lembrado por muita, mas muita gente mesmo, como o ex-comentarista do “Jornal do Almoço” (transmitido desde 1972 pela RBS, afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Sul) que levou um choque ao mexer em cachos de uvas, enquanto fazia uma reportagem na tradicional Festa da Uva, em 1996. A matéria foi transmitida pelo canal, na época – e dez anos depois virou viral no YouTube, quando um gaiato decidiu digitalizar o vídeo e subi-lo. O upload original do vídeo já conseguiu chegar a mais de 4 milhões de visualizações desde essa época.

Não é um assunto sobre o qual Lasier goste de falar (ele foi atirado para trás por causa do choque, quebrou costelas e poderia ter morrido ali mesmo), mas o senador chegou a usar a história do choque em sua campanha eleitoral em 2014 – poucas semanas após ter sido abordado por um grupo de jovens que fez uma pegadinha com ele. Costelas, sustos e sequelas físicas à parte, não há como negar: foi engraçado. E possivelmente sempre será. Recentemente, um canal do YouTube chamado Janela da Rua fez um vídeo em que crianças e pré-adolescentes assistiam pela primeira vez ao vídeo de Lasier tomando choque. Claro que todos morreram de rir.

O que muita gente talvez não tenha visto é que existe no YouTube uma versão deluxe do choque de Lasier, que foi ao ar no próprio “Jornal do Almoço”, com o próprio Lasier – bastante constrangido e incomodado – assistindo. Olha aí.

O vídeo traz os bastidores da transmissão da festa da uva em 1996, com direito a imagens da apresentadora Cristina Ranzolin de mau humor (cobrando, com toda a razão, uma apuração séria sobre o que havia acontecido), trilha sonora “engraçadinha” na hora da sequência do choque e imagens de toda a equipe perplexa. A volta ao choque foi ao ar em 2010, na época em que o “Jornal do Almoço” completava 38 anos, e acabou tendo que entrar na festa de aniversário do telejornal por, enfim, demanda popular.

Lasier alega que nunca tinha visto as imagens do choque e estava assistindo a tudo pela primeira vez. Personagem involuntário de um dos virais mais eficientes dos últimos tempos, ele depois pede, de brincadeira, que as pessoas “esqueçam” o choque.