Num papo com a MTV News, o rapper Kendrick Lamar afirmou que seu disco mais recente, DAMN, pode ser tocado também ao contrário (!).

“Uma semana depois do lançamento os fãs já perceberam isso. Ele funciona dessa forma como uma história completa e até ganha um ritmo melhor quando tocado ao contrário. É uma das minhas coisas favoritas dentro do álbum. É algo que definitivamente premeditamos enquanto estamos no estúdio”, contou. “Eu não acho que a história necessariamente muda. Acho que a sensação muda. A vibração inicial que você escuta do começo ao fim é… agressão e atitude. Expõe quem realmente eu sou. Agora, você escuta ao contrário e é quase a dualidade e o contraste do intrincado Kendrick Lamar. Essas duas partes são quem eu sou”.

No domingo (27), por sinal, vai rolar o MTV Awards e Kendrick concorre nos prêmios Vídeo do Ano, Melhor Vídeo de Hip-Hop, Melhor Coreografia, Melhor Direção, Melhor Direção de Arte, Melhor Cinematografia e Melhor Efeito Visual. E se você ficou curioso para saber como funciona o disco dele ao contrário, tenta aí com DNA.

E Loyalty.