Um escultor chamado Julian Voss-Andrae – que antes de se envolver com artes estudou física e matemática – decidiu criar uma série de esculturas que desaparecem no ar. Como assim?

Bom, a partir dos estudos que ele fez de artes e ciências, ele criou esculturas que, dependendo do ângulo para o qual você olha, simplesmente ficam invisíveis. Ele fotografa um objeto de todos os ângulos possíveis, para começar. Depois, monta um modelo no computador e faz tudo em metal, dividindo em várias partes. O resultado é perturbador: chegando perto, você vai vendo que há algo ali – mas uma vez bem pertinho da escultura, tudo se evanesce na paisagem, dependendo de como e para onde você olha.