“Bom, para mim, punk drumming é basicamente energia”, explica Dave Grohl, antes de mostrar ao repórter do programa 60 minutes (espécie de Globo Repórter gringo) como funciona seu estilo de tocar bateria. O criador dos Foo Fighters e ex-batera do Nirvana faz diferenciação mostrando em seu kit bastante simplificado como se faz uma condução normal. E como ele faria a mesma condução da maneira que fez em canções de suas duas principais bandas.

Olha aí. Um vídeo curto e fundamental (e infelizmente não tem legendas nem em inglês) para quem é fã do estilo de Grohl – conhecido por usas poucas peças, pela agilidade e pela mão pesada no material que usa – e quer saber um pouco sobre como ele toca.

Dave conta que muito do seu aprendizado veio do fato de seus primeiros instrumentos terem sido… travesseiros, nos quais ele saía batendo. E, do lado de Taylor Hawkins, que ocupa baquetas e peles nos Foo Fighters, diz que o amigo é um baterista ainda mais técnico do que ele. Depois rola um pingue-pongue sobre os nomes de certas bandas. Taylor e Grohl babam pelo Queen, o primeiro diz que o Black Sabbath é “o primo feio do Led Zeppelin” e o segundo revela que seus filhos estudam com os filhos de Paul Stanley (Kiss) na escola.