Billy Corgan, num papo com o Team Rock,  contou que está interessado numa volta da formação clássica dos Smashing Pumpkins, com James Iha na guitarra, D’Arcy no baixo e Jimmy Chamberlain na bateria. E diz que sabe que o melhor para o público será mesmo que a banda volte a focar no que ela foi durante os anos 1990.

“Estou interessado em que a banda volte a ser uma força criativa. Até já disse isso algumas vezes publicamente”, contou. “Não tenho nada para defender ou afastar. Espero que seja lá o que aconteça, que toque o público e que seja autêntico e bem intencionado”. Ele prefere nem entrar numa onda de rumores, do tipo “‘e aí, vai rolar?’, ou ‘vai ou não?’ Não estou nessa, meu negócio é ‘vou dar tudo de mim por isso'”.

Shows com a banda, pelo menos, será que acontecem? “Tudo bem com isso. Eu sou totalmente favorável à ideia de que se você for a um show que repita o que a banda já foi, ele será focado nos anos 1990. Vai ser uma celebração de verdade, o encerramento que a gente nunca teve”, diz Billy Corgan. “E um jovem de 22 anos que já ouviu falar sobre o mito pode vir e assistir ao mito de alguma forma. Acho que ainda estaríamos bem. Há espaço para nós onde não há ninguém”.