O arquivo de turnês do site da banda punk britânica Toy Dolls indica que o grupo não esqueceu a passagem deles por aqui em 1988. Naquele ano, o grupo fez quatro datas no Projeto SP, entre 29 de abril e 2 de maio. Numa delas, o vocalista, guitarrista e único membro efetivo do grupo, Olga, levou um soco na cara. Segundo testemunhas, o soco foi dado por um skinhead, já que a grupo atraia público misto de punks e carecas. “Estava na minha, tocando, quando fui atingido. Só depois é que fui saber que tinha sido um deles”, contou Olga num papo com a Folha de S. Paulo em 1995, quando a banda retornou ao Brasil para alguns shows.

Em 1988, o Toy Dolls era uma grande novidade no Brasil. E estava tendo LPs lançados pelo selo Stiletto-Eldorado. Logo ao chegarem no Brasil, Michael “Olga” Algar (voz, guitarra), Duncan “The Amazing Mr. Duncan” Redmonds (bateria, voz) e Tom “Tommy Goober” Blyth (baixo, voz) encontraram uma agenda de entrevistas. Um fã da banda gravou as principais aparições da banda na TV brasileira, guardou numa fita VHS e subiu no YouTube. A banda aparece numa entrevista zoneada dada a Astrid Fontenelle no TV Mix da TV Gazeta. Astrid, dois anos antes da MTV, tem, digamos, muita paciência com os garotos, que passam o tempo todo zoando o bate-papo.

Logo na sequência, o Toy Dolls aparece tomando umas cervejas num papo meio constrangido com a turma do Metrópole, na TV Cultura. Depois é a vez de Kid Vinil anunciar o grupo no programa Boca Livre, que ele apresentava também na Cultura. No final, tem a turma no Realce, da TV Gazeta, contracenando com Redson, vocalista do Cólera, com os entrevistadores, e com uma marionete que fazia perguntas (!). Imperdível – e prepare-se para escutar o hit Nellie the elephant várias vezes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here