Se você odeia qualquer tipo de competição de canto na televisão, abomina reality shows de modo geral por achá-los algo na linha da subcultura e não entende como as pessoas podem assistir a essas coisas, vai aí uma dica bacaníssima do POP FANTASMA. Faça as malas e mude-se para os Emirados Árabes Unidos. Desde 2008, a Abu Dhabi TV leva ao ar por lá uma espécie de The Voice de poetas (!). É o Prince of Poets, que permanece no ar (está na sétima temporada) e já foi definido como a resposta subversiva ao American Idol. E ainda reafirma a grande vocação dos países árabes para a contação de histórias e para a poesia.

Esse aí é um dos poetas que mais marcaram a história da atração, um sujeito chamado Hisham Al Gakh. Não faço ideia do que ele está declamando, mas deve ser algo muito emocionante, já que a voz dele embarga e pessoas na plateia não seguram as lágrimas.

Aí embaixo, Al Gakh declama (isso foi na quarta temporada) o poema The visa. Tem legendas em inglês. Esse poema, que criticava os líderes árabes, fez Al Gakh virar o participante preferido dos telespectadores, mas mesmo assim ele acabou chegando em segundo lugar. O poeta acabou ficando de fora de uma das edições, para participar de protestos políticos.

Dizem que a leitura do poema In Jerusalem, por Tamim Al-Barghouti, fez o programa ganhar o coração do público de vez – por causa do carisma e da politização de Tamim, que chegou a ser deportado do Egito por estar envolvido em protestos anti-Iraque.